Seguidores

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Vênus....






















Vênus...


Vênus planeta dos sonhadores
Onde inquietos pensamentos divagam
Pensamentos,muitas vezes insensatos
Onde faço poesias em versos recatos

Alegres poesias que falam das luas
Minguante,crescente,lua cheia ou nova
Noites escuras,onde derramo minhas lágrimas
Paradoxos existentes em minha alma...

Quem pode explicar esta dor que no peito sussurra
Dor que grita e judia chamada solidão...
Castigam meus ouvidos com ecos da saudade
Em que planeta posso esconder a minha paixão?

Brotam sonetos onde derramo o meu pranto
Não quero espalhar tristezas por todo o canto
Jogo então os versos feitos ao vento
Sonho com Vênus que brilha ,e eu me encanto...

Sandra Galante.

Meu filho também é pai....






















Meu filho também é pai...



Na mais bela magia da procriação

Hoje tens também um filho...

Que te faz aprender diariamente,

Valorizar pequenas coisas,e te ensina o que é o amor incondicional...

Faz com que entendas a sabedoria divina aqui na Terra.

Assim como teu pai que te plantou nesta vida, semeias hoje ao teu filho,

Mostre à ele que a vida é bela,

Que o cheiro da chuva nos traz doces lembranças

Que caminhar pela vida tem seus perigos, mas tudo vale a pena quando sabemos amar...

Ria, chore com ele, não escondas a tua emoção,

Tenhas o mesmo dengo que teu pai te deu.

Carregue-o no colo, não faz mal que ele cresceu,

Quem não precisa de um colo as vezes?

Abrace-o forte digas sempre o quanto ele é importante para ti...

Seja seu sol,seu vento para que ele esteja sempre contigo em pensamento...

Dê-lhe sempre bons ensinamentos

E como filho que és, ensina teu filho amar e respeitar ao teu pai.

Agradeça sempre ao teu pai velho e cansado da labuta,

Abrace-o e diga o quanto ele é importante para ti...

Ensina teu filho como proceder contigo através dos teus exemplos ...

Não desperdices nunca o teu tempo

Para que não abraces só a saudade no amanhã...

Sandra Galante.

Universo net...

















No universo net encontrei lindas pérolas
E também muitas pessoas sem caráter.
Que não respeitam nem sequer a si próprias

Delas tenham dó,pois vivem muito só...

São vazias, invejosas e plantam o mal.

Tem também aquele que damos respeito

E eles nunca nos respondem

Vejo tal atitude como orgulho e egoísmo

São os chamados “pavões” da net

Prefiro deles me isolar,

E perceber os que valham a pena

Fazer a minha própria rota...

Levo minhas simples poesias

Que faço cheias de amor.

Fico feliz se tenho resposta

Mas aqui não espero glamour...

Preservo minhas amizades com carinho

Sou sincera e não busco interesse nenhum

Percebo que com tanta tecnologia ,hoje posso atravessar os mares

Muitas vezes com tantos amigos na net,sinto a dor da solidão

Pois leio muitos carinhos ,mas não vejo o brilho dos seus olhos

Não lhe sinto e nem pego em sua mão...


MusicPlaylistRingtones
Create a playlist at MixPod.com

Solidão....



















Solidão...



Sei que estás do outro lado do mar,

Olho a imensidão e choro aqui a te esperar;

Vejo um barco adentrando ao mar silenciosamente,

Ele deixa um rastro de saudade...





O vento brando bate em minha pele,

Parece que o universo silencia,

Um sorriso amargo aponta em meus lábios,

Só em teus braços feliz eu estaria...





Se ajeita com cuidado em meu coração solidão,

Pois esta dor nada se iguala...

Deixe eu aqui chorar por esta paixão,

Só no barulho do mar, ouço a tua fala...

Sandra Galante.

Mais um outono...





















Mais um outono chega
Planto sonhos do amanhã
Adubo as sementes ,
com a esperança ...
Sinto o vento outonais em meu rosto
Os galhos do amor balançam
Derrubam as folhas do passado...
Pássaros cortam os céus
Deles sinto inveja, são livres!
Sinto-me presa aqui na terra,
Espero a liberdade na primavera...

Sandra Galante.



Llega otro Otoño
Planto los sueños del mañana
Fertilizantes, semillas,
Con Esperanza ...
Siento el viento del otoño en mi rostro
Las ramas oscilantes del amor .
Sabiduría de las hojas del pasado ...
Tallar el cielo a través de las aves
¡ La envidia es gratis !
Estoy atada aquí , en la Tierra,
Espero que la libertad llegue en Primavera ...

Sandra Galante.

Álbum de fotos...





















Álbum de fotos...

Poesia livre.



Foto amarelada em branco e preto

Na gaveta abandonada a tanto tempo

Me fez chorar e voltar ao passado

Pude rever a menina de outrora...





Por onde anda você menina linda?

De cabelos negros,longos e de franja

Cheias de sonhos e ideais,

Tão confiante no amanhã!






Tinhas certeza da felicidade sonhada

Vivias em um conto de fada

Subindo em pés de jabuticaba

Eras arteira e muito danada





De pés no chão corrias por tudo

Querias percorrer o mundo

Pulavas corda,jogavas peteca

Pela rua ficavas a brincar sua sapeca





Por onde andas minha menina?

Queria tanto ficar contigo

Volte por favor em minha vida

Ficar sem sua alegria é um castigo...


Sandra Galante.

Piracicaba-SP

Voando...
























Voando vou ao sabor do vento
Das nuvens te vejo
Capto teus pensamentos
Estranha magia nos envolve.
Ah! pudera eu parar o tempo
Viajar em todo teu ser
Te prender em meu coração
Na mais deliciosa alucinação....
Viajariamos então pelas nuvens
Fazendo deste amor
Um eterno momento...
Se quiser viajar pelas estrelas
Vem comigo...
Sandra Galante.

Eu sei...





















Eu sei...
Sandra Galante.

Eu sei que contigo eu sou tudo
Que sozinha não sou nada
Sei que posso te perder num segundo
E isto me deixa agoniada...

Ao teu lado, a vida tem cor
Os pássaros voam ligeiros
Em tudo há harmonia e calor
Em nada encontro mistérios...

Eu sei que por este amor eu vivo
Mesmo que ele me pareça indecifrável
Para mim, ele tem efeito curativo
Pois te amo de forma imensurável...

Assim era minha mãe...



















Assim era minha mãe...

Uma mulher sensacional,forte e guerreira
Com um espírito alegre ,tudo ela resolvia
Sabia como ninguém economizar e repartir
Escondida sei derramou muito lágrimas...

Para família se dedicava e vivia com esmero
Buscando para cada filho alegria e felicidade
Suas mãos de fada tinham muita criatividade
Fazia trabalhos lindos aumentando a renda da casa

Ela foi uma linda mulher,
tanto por dentro como por fora
Vaidosa em seu jeito de ser
Impecável em seu modo de andar

Deu-me exemplos até o seu derradeiro final
Partiu como viveu,suavemente...
Deixou um vazio e uma saudade sem igual
Nos braços de Deus ela está certamente.
Sandra Galante.
Te amo mãe!

Poeta....




















Poeta ...
Ah! o poeta e a poesia
Um misto de dor e alegria
És um mito,uma lenda és fantasia!
As vezes real,muitas vezes imaginário
Incoerente,coerente mas poeta!
Colocas a tua dor e o teu amor
em teus escritos,
Mergulha fundo em teu espaço infinito
Brincas com o sonho e a ilusão
Acendes com facilidade o fogo da paixão
Brincas com as letras
Fazendo verso, prosa e poesia
Choras pelos dedos da tua mão...
Seguras as estrelas,tocas a lua,
Sabes onde colocar a brisa e o vento...
Conheces o perfume de todas as flores!
As matizes de todas as cores...
Poeta és intemporal és eterno!
Pois mesmo morto,
renascerás em teus versos...
Sandra Galante.

http://encontrodepoetaseamigos.ning.com/

Amor na areia...






















Amor na areia...

Em uma tarde quando o sol repousava no horizonte,
Passeava eu na praia deserta, observando cada detalhe.
Respirava fundo tentando absorver toda aquela maravilhosa energia
Sempre amei caminhar pela praia ao entardecer...
Gaivotas a beira mar, o marulhar da ondas,o cheiro do mar
Todo um conjunto de paz e harmonia.
Me sentia bem com tudo que eu observava
Ao longe avistei alguém que caminhava como eu
E assim nos aproximamos,passo a passo
Tudo começou com: Olá como vai?
Respondi serenamente que estava muito bem
Ainda mais com aquele altar que a natureza nos ofertava.
Sentamos os dois na areia ,uma enorme empatia ali acontecia
Conversamos sobre tantas coisas,algo incomum estava acontecendo...
E assim as estrelas apontaram no céu e a noite veio
Eu não queria me despedir daquele homem, e sabia que ele também não queria isto...
E de repente aconteceu,ele me beijou delicadamente,
Parecia conhecê-lo a tanto tempo!
E naquela magia que nos envolvia
Nos amamos de uma forma maravilhosa na areia
E o dia amanheceu e nunca mais aquele momento se esqueceu
Da grandiosidade deste amor e paixão
Que grande marco foi este encontro de duas almas
Depois de seis meses nos unimos para sempre
Todos os anos, voltamos ao mesmo lugar e nos amamos,como o primeiro dia,cheios de amor e desejo.
Sandra Galante.

Assim é o meu amor...
















Como é o meu amor...

Meu amor tem gosto de quero mais
De manhã ensolarada
De noite cheia de estrelas
Com gosto de vinho importado
Cheio de calafrios ao te ver
Um desejo incontrolável de estar junto de ti
Um prazer absurdo em te querer
Uma paz em estar em teus braços...
Tenho certeza que sou por ti amada
Um amor sem igual mais que real
Sem medos,sem preconceitos.
Amor com muita intensidade,sem normas
Com carinhos repartidos cheio de compreensão
Te amo mais que a mim mesma
Sem teu amor não posso viver
Assim é o meu amor...
Sandra Galante.

sábado, 31 de julho de 2010

E o tempo passou....


























E o tempo passou ...


O tempo passa tão rapido!

Não se assuste em frente ao espelho

O passado conta a sua história

De alguém que muito viveu

Hoje com marcas do amor pelos entes queridos.

Marcas em seu ser pelo grande afinco em seu viver...

Infância e velhice, são tão paradoxais...

Mas é neste percurso que a história se faz.

Por quantas tempestades você ressurgiu?

Hoje as suas limitações chegam devagar

Mas é uma questão de saber encarar

Afinal, são desgastes normais que podemos constatar

Não é velhice e sim um corpo bem usado...

Uma dor aqui outra acolá ,mas o importante é saber aceitar

Com disposição e alegria ,fazendo sempre o seu melhor dia.

Estar mais do que nunca vivo com intensidade

Aproveitando cada segundo da terceira idade com muita vontade.

E que venham todas as idades,mas que não sejamos agora covardes

E saibamos viver plenamente, deixem que cheguem as rugas,

Que embranqueçam os nossos cabelos ,que embace os nossos olhos!

Estamos na idade que o nosso espírito é que tem que brilhar!

Vivamos pois em plenitude com sonhos e anseios restantes dentro de nós.

Temos já adquirido o prazer do dever cumprindo...

E aquela sensação de vitória que transcende tudo e todos.

Só nos resta agradecer:

Obrigada meu Pai!

Sandra Galante.


http://grou.ps/encontrodepoetaseamigos/blogs/item/e-o-tempo-passou

Canto da Sandra Galante: Pra sempre..

Canto da Sandra Galante: Pra sempre..: "Pra sempre... Pra sempre hei de te amar, Mesmo com os nossos percalços... Com todas as dificuldades que nos envolve ..."

Pra sempre..





















Pra sempre...


Pra sempre hei de te amar,

Mesmo com os nossos percalços...

Com todas as dificuldades que nos envolve

Eu quero lhe dizer que o que sinto é verdadeiro

Que a minha pele sente o cheiro da tua e se eriça

Quando enroscas os dedos em meus cabelos

Sinto um desejo louco que me atiça,

Viro a tua fêmea que tanto desejas e cobiças

E num desejo premente, quase morro de prazer

Colo o meu corpo no teu sem pressa de amar

Nesse instante, te digo vem! te quero pra sempre...

Sandra Galante.

Solidão





















Solidão...



A solidão que sinto,dilacera o meu coração

Os meus gemidos ecoam pela noite afora

Pela carência que assola desta paixão.

No silêncio da noite a saudade me devora...



Meus pensamentos divagam, te busco,

Te quero em meus mais íntimos desejos

Te procuro em meus dias lânguidos

Pois minha boca sedenta quer teus beijos...



Quero o teu carinho e teu abraço soberano

Para que sintas o compasso do meu coração

Quero teus desejos prementes que eu amo

Numa dança de corpos cheia de paixão...

Sandra Galante.


Participe!

Sabor do vinho...


















Sabor do vinho

Transportada sou por tua vontade
Entro em um delicado dilema
Sei que me trará parcial felicidade
Contigo brindo e faço meu poema

São tantos a falar mal de ti
Mas sou fiel e não te abandono
Contigo vivi e sonhei
Mas não te fiz meu dono...

Em minha perplexidade
Os teus segredos descobri
Em nossa total liberdade
O teu bouquet não esqueci

Ah!como aqueces meu corpo
Sinto o cheiro das flores
Será o delírio do vinho?
Ou são teus beijos doces?

Sandra Galante

sábado, 24 de julho de 2010

Branca folha....














Branca folha...



Uma branca folha voa ao vento

Cortando o céu azul do firmamento

Dando –me um mágico encantamento

Trazendo-me idéias vagas ao pensamento...



Uma ilusão no inconsciente inicia

Trasformado-os em pura magia

Flores, luares,estrelas e mares

Tem vida em nossos corações...



Como um canto, conquisto a liberdade

Como poeta, levo das lágrimas ao riso

Nos versos a poesia cria forma e realidade

Na sua realização, chego ao Paraíso...



Ah! branca folha que me faz sonhar

Na minha ilusão, ajudas-me a criar as poesias

De uma simples poetisa que quer amar

Levo a felicidade em mim brotada...

Sandra Galante.

Voar...




















Voar



Da escrita fiz minhas asas

Voei pelo céu,nadei pelos mares

Colhi as mais lindas flores nos vales

Ri e chorei, coloquei tudo nas poesias...



Poesias, que passam despercebidas

São fragmentos do meu amor

Pedaços de mim deixei sim

Em cada verso, em todas as palavras...



Neste meu voar,encontro o meu eu

Saio da prisão em que me encontro

Entro em um mundo só meu

Sou ave liberta que voa livre no céu...

Sandra Galante


http://grou.ps/encontrodepoetaseamigos/blogs/item/voar

Relógio


















Relógio...


Meu olhar perdido te busca nas horas

Lá está ele, o relógio implacável...

Mostrando-me que o tempo passa

E sem a tua presença a vida é sem graça.



Nossa vida passando, eu te esperando

Vamos juntos dificuldades superando

E eu me pergunto: até quando?

Seguimos assim ora rindo, ora chorando...



Amor que resiste ao cansaço

Tempo que passa ligeiro,contundente

Relógio que me afasta dos teus braços

Eu quase louca, querendo os teus beijos...

Sandra Galante.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

E de repente....



















E de repente ...



E de repente se fez saudade

Bem dentro do meu coração

Um amor com tanta verdade

Acabou tal bolha de sabão....



O tempo não te destruirá

Chegastes em mim, acontecendo

Em meus dias ainda existes

Fiquei aqui só, triste e envelhecendo...



Hoje estás cheio de incertezas

Um tanto quanto esmaecido

Carregas em ti muitas tristezas

Me parece também envelhecido....



Versos hoje transmutam em emoção

Permaneces vivo em minha memória

A saudade permanece em meu coração

Este amor fará parte da nossa história...



Nas quimeras dos meus desejos

Serás sempre o meu único amor

Arraigado em meus ensejos

Te amarei em silêncio com ardor...

Sandra Galante.

Hoje....




















Hoje...


Hoje quero em teus olhos olhar

Quero segurar as tuas mãos

Sussurrar em teu ouvido na luz do luar

Sentindo o aconchego do teu coração...





Quero teu corpo vibrando

Na manhã que surge ensolarada

Onde louvo por ter te conhecido

E ser por ti tão querida e amada...




Em mim o eterno contentamento

Brigo,luto , teimo em ser feliz

Deixo pegadas com discernimento

As vezes sincera, as vezes como uma atriz...



Sã ou insana?não sei...

Só sei que te amo!

Sandra Galante.

domingo, 4 de julho de 2010

Meu primeiro livro...


















Estou muito feliz com a edição do meu primeiro livro:E por falar em amor...
Ofereço aqui o meu trabalho de um sonho sonhado e hoje realizado.
Obrigada!

Local de compra on line:


http://clubedeautores.com.br/book/23442--E_Por_Falar_Em_Amor

domingo, 27 de junho de 2010

Deixe-me...

















Deixe-me...


Deixe- me ser o que sou

Sei que não vou mudar

Meu destino seguir eu vou

Pois não quero me machucar





Sou como um rio que vai seguindo

Meu destino é ir,ir sempre!

Talvez irei desaguar no mar

Onde tudo começa e tudo se refaz...



Mesmo que eu sofra muito

Bendigo o dia que te conheci

Serei ave sem céu nenhum

|Mas posarei em outras águas...



Verei outras luas e outro mares

Dançarei entre as estrelas

Procurarei outros amores

Amarei e farei novas poesias...


Sandra Galante.

Destino...

















Destino...

Adoro as artimanhas do destino,
Que me colocou em teu caminho,
Meu doce menino apaixonado
Onde viajamos fazendo poesias...

Assim te conheci neste nosso universo,
Fazendo rima,poesia e verso,
Me sinto livre como um pássaro,
Que constrói o nosso ninho de amor...

Que voa alegre contra contra o vento,
Sempre contigo em meu pensamento,
Aguardando apenas um momento,
Para te dar todo meu alento...

Sandra Galante.

Profundezas...

















Profundezas ...


Andei por avenidas e ruas

Procurando alguém encontrar

Achei lágrimas em mim brotadas

Ninguém para me ouvir ou me amar ...



Cantei uma canção baixinho

Em total desesperação fiquei

Chorei em pálido silêncio a solidão

Nos braços da saudade me entreguei ...



Nas profundezas do meu eu entrei

Nas lágrimas do meu amor me afoguei

Nos recônditos dos meus mistérios fiquei

Percebi nesta noite que pra você nada sou ...

Sandra Galante.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Carinhos....

video

Eu sou...

video

O que é o amor...
















O que é o amor...


O amor é lindo e inenarrável
É a divina benção da vida
Uma melodia indecifrável
Como o canto da seriema...

É comungar com o céu azul
Brincar com as estrelas
Tanto do norte como do sul
É fazer versos cheios de rimas

Amar,é voltar a ser uma menina
Voar ao sabor do vento
Na sublime comunhão do amor
Numa harmonia mais que perfeita

Saber que sou a tua eleita
Decifrando o amor dos olhos teus
Dessa hora tão bendita
Que estás nos braços meus...

Amar é um melodioso sussurrar
No anseio da esperança pura
Na certeza que nasci para te amar
Com todo meu amor e ternura...

Sandra Galante.

Inverno...
















Inverno...

O inverno chega com sua calmaria
Dias frios,noites com neblina
Cheiro de lenha ,dias de poesia
Vidros embaçados cria a rotina...

Pássaros abrigam-se em seus ninhos
As árvores perderam as folhas
Os ipês generosos enfeitam o caminho
Os poetas melancólicos fazem poesias...

Inverno é a estação dos namorados
O momento ideal para o aconchego
Versos são com amor declamados
Casais brindam e aproveitam o sossêgo...

No inverno meu coração esquenta
Pareço mais um vulcão em erupção
Sou aquela que ama e acalenta
O inverno me dá mais imaginação...

Vem,me aquece por inteira
Brindemos com vinho o nosso amor
Sou seu amor e sua parceira
Quero neste inverno todo seu calor

Sandra Galante


Invierno...
El invierno llega con su calmaria
Días fríos,noches con neblina
Olor de leña ,días de poesía
Vidrios embazados crea la rotina...

Pájaros se abrigan en sus nidos
Los árboles perdieron las hojas
Los ipês generosos adornan el camino
Los poetas melancólicos hacen poesías...

Invierno es la estación de los novios
El momento ideal para el aconche
Versos son con amor declamados
Parejas brindan y aprovechan el sosiego...

En el invierno mi corazón calienta
Parezco más un volcán en erupción
Soy aquella que ama y calenta
El invierno me da más imaginación...

Viene,me calienta por entera
Brindemos con vino nuestro amor
Soy su amor y su compañera
Quiero en este invierno todo su calor...
Sandra Galante